jusbrasil.com.br
17 de Junho de 2019
    Adicione tópicos

    OEA reconhece assassinato de Vladimir Herzog

    Consultor Jurídico
    Publicado por Consultor Jurídico
    há 6 anos

    A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), da Organização dos Estados Americanos (OEA), reconheceu oficialmente como assassinato a morte do jornalista Vladimir Herzog. Ele morreu em 1975, depois de ser torturado, nas dependências do Destacamento de Operações de Informações Centro de Operações de Defesa Interna (Doi-Codi), do Exército, durante o regime militar.

    O caso foi apresentado à CIDH pela organização de direitos humanos Centro pela Justiça e pelo Direito Internacional (Cejil, na sigla em i...

    Ver notícia na íntegra em Consultor Jurídico

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)