jusbrasil.com.br
17 de Agosto de 2019

Maitê Proença consegue na Justiça furar teto de pensão

Consultor Jurídico
Publicado por Consultor Jurídico
há 11 anos

A atriz Maitê Proença Gallo, 50 anos, continuará a receber pensão de R$ 24,6 mil referente à aposentadoria do seu pai, Augusto Carlos Eduardo da Rocha Monteiro Gallo, juiz e procurador de Justiça de São Paulo, que se suicidou em 1989. O desembargador Vallim Bellocchi, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, manteve decisão liminar que permite à atriz embolsar mensalmente mais do que o teto no Judiciário paulista, que equivale ao salário dos desembargadores — R$ 21,5 mil.

Maitê tem direito à pensão porque nunca se casou no papel. No entanto, teve uma filha e viveu 12 anos com o empresário Paulo Marinho. Ela também se amigou em 1996 com o cineasta Edgar Moura. Este relacionamento também já acabou. Pela Lei 3.373/58, as filhas solteiras de servidores públicos têm...

Ver notícia na íntegra em Consultor Jurídico

10 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

E ela se diz contra a bolsa-família ! Que cara-de-pau ! continuar lendo

Que hipócrita. Critica o bolsa-família e recebe pensão vitalícia. continuar lendo

Por isso que o nosso INSS está falido. São essa gente desse tipo que acaba com a instituição e com os trabalhadores, que daqui à pouco vão ter que trabalhar 40 anos e só aposentaram depois dos 100, ou seja, só que vai mamar são essa gentalha que não vale o sal que come. continuar lendo

Ainda roubam no cálculo de nossa aposentadoria. Na minha encontrei mais de 20 enfiadas de mão. Pior: vc vai ter que pagar um advogado, entrar com uma ação contra o INSS e aguardar anos a decisão da justiça.
Antonio Satchdjian continuar lendo

Ella tem direito exclusivo ao trofeu Cara de Peroba do ano !........ continuar lendo